RESENHA PERFUME KOKORICO JEAN PAUL GAULTIER

Não podemos esperar de Jean Paul Gaultier, a criança terrivelmente sapeca do mundo fashionista, produções clássicas, formais e certinhas. Tudo o que vem dele sacode as estruturas de alguma forma. Não é diferente com Kokorico, a começar pelo nome. Onde se viu colocar o grito de um galo como sendo o nome de um perfume? Rsrs, impossível para mim não rir enquanto escrevo.

E mais! Diz ele que o Perfume Kokorico, lançado em 2011, foi criado para representar "o grito de um homem guerreiro, de um jovem cheio de prazer? Se meu marido gritasse Kokoriko eu o levaria aos meus colegas Psicólogos e Psiquiatras para uma conversinha básica!
PERFUME IMPORTADO MASCULINO KOKORICO

Conhecendo o Jean Paul Gaultier a gente entra na viagem e ri junto!
O frasco do perfume é uma cabeça masculina, na cor preta; na lateral está escrito em vermelho gritante,  com desenho que lembra o de penas: Kokorico.


RESENHA DO PERFUME MASCULINO KOKORICO
Frasco do perfume masculino KOKORICO


Como é o perfume Kokorico do Jean Paul Gaultier? Olha...tem gente que diz que é uma cópia descarada de vários outros perfumes importados masculinos, como se ele tivesse juntado vários e feito o galinho da vez. Como não conheço tantos perfumes masculinos assim, não me atrevo a fazer tal afirmação. Centrarei a descrição em minha experiência com ele.

Imagine abraçar seu namorido, cheirar o seu pescoço e sentir o cheiro da fruta cacau. Ela é doce e gordurosa ao mesmo tempo. Mas junto com o cacau há um outro alcoólico, e não é de bebida. Nuances de álcool são o pano de fundo para o cheiro quente da fruta estimulante. Até aqui diria que apesar de toda aparente masculinidade do perfume, o cheiro é tipicamente feminino. Depois de um tempo, porém, esse dueto cacau alcoolizado encontra um momento de segurança, e se firma em tradicionais notas que cheiram como os perfumes de homem. Vetiver. Patchouli trazendo um pouco do oriente à fragrância e Cedro.  
JEAN PAUL GAULTIER E SEU PERFUME KOKORICO
Foto publicitária do perfume Kokorico

Já estudei JPG em outros invernos e ouso dizer:

ele está é rindo da gente ou com a gente. Irônico. Divertido. Sapeca, ele segue contra qualquer norma que se estabelece. Diz que é masculino, e cheira a feminino. Diz que é clássico e nada tem desse conceito. Kokoriko acaba combinando com o cheiro? Sim, por que me remete a um contexto rural, brutal e muito simples:

Nosso galo comeu cacau, tomou  uma cachacinha e foi trabalhar na madereira. Sentiu o drama? 



No Brasil vi que tem frascos de 50 e 100 ml, 
Família olfativa: amadeirado aromático.
Perfumistas:  Olivier Cresp e Annick Menardo

E como todo grito de galo, esse perfume, o Kokorico, projeta muito, deixa rastro e fica na minha pele entre 10 e 12 horas, o que é muitíssimo bom para um Eau de toilette. Se você gosta do cheiro da linha de cacau da Natura e consegue imaginar esse cheiro misturado a outros mais brutos e amadeirados vá sem medo. :) Poucas borrifadas, sim? Mais que 3 poderão provocar atchim.

Outros perfumes feitos por Olivier Cresp aqui e Annick Menardo aqui.

E o que dizer do vídeo de making-off com uma mensagem toda "latina"?



sei que você está brincando, JPG, e sabe que nossos homens latinos não são rústicos como cheira Kokorico... ;)

E vocês, leitores homens, o que me dizem sobre esse perfume do Jean Paul Gaultier? Sentem-se representados nessa fragrância?

12 comentários :

  1. Delícia de resenha, bem humorada! Quero conhecer agora! Acredito que vou desejar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse perfume, com a sua publicidade, me faz sorrir, Diana! :)

      Excluir
  2. Já tive este perfumé e gostei bastante dele, porem não agrada a todos, muitos resenhistas dizem ser parecido com o l'instant extreme da guerlain, ele desperta uma emoção de amor ou ódio, por tanto sugiro experimentar antes de comprar. Abraços e parabéns pela ótima descrição. Júlio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Júlio. Imagino que o da Guerlain não tenha o aspecto rústico que senti no perfume Kokorico; vou procurar para conhecer. Obrigada

      Excluir
  3. Olha, vou te dizer que achei bem bizarra essa cabecinha de nariz adunco! Não atrairia minha atenção normalmente... mas é claro que com a sua descrição divertida, vou ter que borrifar no namorido na próxima ida à perfumaria.. hehe! Espero que esteja tendo um bom feriado! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida!! Isso....vê se ele fica um galinho com o perfume Kokorico. Ah que cada vez que sinto ou falo desse perfume eu rio!! Só podia ter vindo do Gaultier mesmo...só podia. Depois me conte o q achastes. Foi um feriado bem diferente...e até combinaria com a fragrância ;) Fui conhecer um CTG, menina....bjs

      Excluir
  4. Oi Dâmaris! Já tinha visto esse nome e juro que tbm não consegui ficar séria, lembrava das minhas crianças assistindo a turma do cocoricó... mas a tua resenha é algo instigante, estou aqui quase querendo, mas pra mim e não pro marido, ele se visse o nome iria me incomodar durante anos!
    Beijos linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seria motivo de boas risadas, Thaís Helena! :) Acho-o muito compartilhável, sim, justamente pelo cacau dele, que é bem marcante. :) É mesmo.

      "A galinha pintadinha
      e o galo carijó
      a galinha usa saia
      e o galo? Kokoricóóóóó´
      kkk até rimou! rs
      bjs querida.
      É amanhã!!!!

      Excluir
  5. Galo doido, sô!!!
    hahaha
    e eu ri muito com essa resenha!
    Bjo,

    Luciana

    ResponderExcluir
  6. Eu ri muito, pq quando li sobre o perfume pensei as mesmas coisas.
    A propaganda sugere mais um "Prince" que um "galo" né, rsrs
    Curiosa pra sentir, pq cacau, álcool e madeira é interessante ;)

    Bjs!

    ResponderExcluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover