PERFUME VANILLE NOIRE DA YVES ROCHER - RESENHA

Depois de mais de uma década com saudades volto a sentir uma fragrância da Yves Rocher. Lembra que conversamos sobre esta marca francesa aqui em outro post? Pois então .... a Malú visitou a loja que abriu no Shopping Morumbi, sentiu vários cheiros, gostou do Vanille Noire e me contou. Comprei este perfume no escuro por conta da opinião dela. Vamos à review?

Baunilha. Essa é A palavra chave, ou melhor, a nota de início meio e fim deste perfume. Só baunilha? Sim, 3 tipos de baunilha. E cada baunilha tem um cheiro diferente? Sim.... você conhece o cheiro de laranja, certo? Mas quando nos vemos frente à frente à tangerina, bergamota, lima, laranja lima, laranja pêra, só para citar algumas, percebemos os diferentes cheiros de... laranja. Assim acontece com a BAUNILHA!

Antes que me esqueça - teremos posts sobre os tipos de baunilha em breve!
YVES ROCHER VANILLE NOIRE REVIEW
Resenha do perfume Vanille Noire - Secrets D´essences - Eau e Parfum - Yves Rocher.


E como as baunilhas aparecem aqui no VANILLE NOIRE da Yves Rocher
Bom, ainda não pude conhecer os diferentes tipos de baunilha que existem, então contarei para vocês os cheiros que sinto e, assim, vamos aprendendo a distinguir cada uma. :) 


Borrifo na pele.

Um cheiro doce, forte e temperado por um coquetel de laranja. É como se fosse uma baunilha alcoolizada e frutada.  Este aspeco esvaiu-se em minutos e deu lugar a um cheiro mais floral. Neste momento lembro-me do cheiro que sinto quando chego da rua e a casa ficou o dia inteiro fechada, mas no centro da mesa há uma orquídea com  flores aberta. Percebemos aquele aroma característico da baunilha no perfume, mas junto tem esse das flores de orquídea em ambiente fechado. Neste cheiro floral tem junto uma sensação de água e mato. Sim, tem uma "água verde" aí no trilhar olfativo do Vanille Noire.

Essa fase inicial passa... e achei muito bom o que veio em seguida:

Usei este perfume por vários dias para poder resenhar e ainda sorrio quando me lembro da primeira vez. Depois de 2 horas estava a dirigir, com o braço no sol e, de repente, pensei "minha bolsa nova tá cheirando tão bem. Como curto cheiro de couro novo!". Olhei para o lado e..."cadê a bolsa?" Não era a bolsa que estava cheirando, meus caros, era o Vanille Noire depois de 3 horas sobre a pele no sol de outono. Toda aquela baunilha frutada e floral das primeiras horas transforma-se em baunilha com aspecto couro bolsa nova. Intrigante por demais isso.... jamais tinha percebido uma baunilha assim. Pois bem, confesso que é essa faceta do Vanille Noire que me conquistou: baunilha doce e cremosa? Sim, mas absolutamente adulta representada por um cheiro mais denso e sensual. É um couro discreto e picante, mas deveras convidativo. Esse contraste baunilha doce com couro e algo picante me é muito atraente. Jacques Cavallier, o perfumista que assina esta fragrância, sabe fazer isto como ninguém! 

Veja outros perfumes que Jacques Cavallier fez.

E lá se foram mais horas de Vanille Noire rescendendo em minha pele. 

* Fixação excelente, no fim de semana mais friozinho, à hora do banho eu ainda sentia o Vanille Noire. Para a resenha, o teste de pele ficou 8 horas. Se o aplicarmos atrás das orelhas, no peito e sobre a roupa então durará um dia inteiro.

* Projeção igualmente forte. A primeira vez que eu o usei para teste fazia calor intenso e eu tive que lavar o braço, tamanha força do perfume. Não consegui sustentá-lo.

* É perfume para outono e inverno

* Tem rica evolução. Se eu fosse a uma loja e sentisse apenas a saída certamente não o compraria. Foi justamente o ter que esperar para conhecer o perfume por inteiro que me fez gostar dele. É cheiro que evolui em 4 fases bem distintas: baunilha frutada e alcoólica, baunilha floral aquática, baunilha couro, baunilha couro picante.

Vanille Noire Secrets D`essence: revela os segredos das essências de baunilha.... e se tivermos paciência para nos cheirarmos ao longo do dia sentiremos cada uma das suas fases.  A marca falou em 3 fases, mas senti 4.

* Saída: coquetel de laranja e baunilha do Tahiti que tem o cheiro baunilha doce com uma nuance de flor;
* Coração: baunilha de Bourbon, é ela que tem esse aspecto mais sensual e lembra o cheiro de couro
* Saída: baunilha da Uganda cujo cheiro doce é vinculado ao cheiro de madeira picante.

VANILLE NOIRE REVIEW
Vanille Noire - perfume com variações sobre a baunilha


Confesso que não curti a saída frutada e floral; no dia quente precisei lavar o braço. Mas nos dias mais friozinhos deste início de outono consegui esperar a evolução, deixar o frutal, floral aquático abaunilhado sair e...... fui presenteada com a baunilha linda do coração e base. O jeito é borrifar e esperar a saída passar - jamais esquecendo de que só posso usá-lo no outono e no inverno.  Acredito que quem curte perfume frutal abaunilhado gostará também os primeiros instantes de Vanille Noire da Yves Rocher. 

Tanta baunilha e........ é parecido com algum outro perfume? 
No Fragrantica dos Estados Unidos tem gente que o acha parecido com uma versão do Hypnotic Poison. Comparei o Vanille Noire com todas as versões do HP que tenho e diria assim: 

- o Hypnotic Poison perto do Vanille Noire destaca o seu lado amendoado com flor de laranjeira sobre baunilha mais conhecida e leve; o Vanille Noire tem uma saída difícil (para o meu gosto pessoal), mas depois fica mais adulto que o HP por conta das nuances de couro picante e baunilhas diferentes.

Um não substitui o outro, pois tem cheiros inconfundíveis. Ao meu olfato eu não afirmo que os dois são parecidos, são apenas da mesma família e estilo: perfumes doces, abaunilhados, marcantes, para outono-inverno.


Abraços perfumados com votos de feliz semana!

Ps.: comprei o meu na loja virtual da Yves Rocher: http://www.yvesrocherfrance.com.br/ quando estava em fase de testes. Ainda não está totalmente pronta.


Post relacionados:


10 comentários :

  1. Baunilha e couro são comigo! Meu medo é que ele seja tão pungente quanto o HP antigo, porque só no suuuuuper frio consigo usar o meu, ou seja, quase nunca. rs

    ResponderExcluir
  2. Van, semana passada ainda tinha uns diazinhos mais quentes e não deu. Aí de sexta prá cá esfriou e pude usá-lo bem direito. Sò assim.... para o meu gosto no calor ele desanda completamente!

    ResponderExcluir
  3. Do jeito que você o descreve, parece delicioso! E você soube esperar duas vezes: primeiro pelos dias frios, depois pela evolução. Grata surpresa!
    Um beijo e um ótimo início de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bj, querida Thaís! Sim...assim como na vida, em alguns perfumes há fases + preferidas. feliz semana a ti e às tuas pimpolhas.

      Excluir
  4. Ai quanta responsabilidade, rsrs! Já pensou se eu indico e tu não gostas? Ainda por cima eu apenas borrifei no papel e no antebraço, mas senti algo parecido ao que tu descreveu...no braço logo esqueci, pois quando voltei de noite, após o banho já não mais o senti, mas no papelzinho, por dias ele estava presente e forte....o que me fez pedir que a resenha que estava no forno....ficasse logo pronta! Aqui está ela, cheia de ínigmas, de doçura, de histórias como a bolsa no carro (couro, cheiro que fascina)! Lembrei que quando estive aí no Sul, passei rapidamente em Gramado, um calor absurdo de 33 graus, nem acreditei....mas passeando pelas lojas, ahhhhhhh cheiro de couro delicioso em algumas lojas (jaquetas e bolsas caríssimas e lindas). Olha o que tu me fez lembrar???? E lembrei que não pude te conhecer, rsrs.

    Hoje, agora neste momento, tá tão delicioso o tempo aqui em São Paulo! Noite com nuvens, frescor delicioso de Outono....amor que cheira no ar! E me vens com essa delícia de texto!

    Agora já quero o meu! Ainda bem que deixei passar esse calorão, agora com o tempo mais ameno, temos o prazer de usar nossas bombas perfumadas (MORRENDO DE SAUDADES DE USAR AS MINHAS)....AMO O INVERNO!

    Estou às ordens, quando quiseres algo aqui de São Paulo, me pedes e eu prontamente atenderei, sim????

    Obrigada querida, tua opinião é muito valiosa para minhas novas conquistas! Ainda bem que eu não lhe decepcionei....então meu narizinho não é tão mal assim né?

    Beijo abaunilhado para ti e lembranças doces aos teus amados.
    Malú

    ResponderExcluir
  5. Engatilhei uma dezena de vezes comprá-lo no Ebay. Saber que teremos Yves Rocher para comprar aqui (não sei os valores, mas certamente serão altos), aquele o meu coração.

    Curiosei muito com esse couro e as fases distintas da face abaunilhada. Que delícia Dâmaris!

    ResponderExcluir
  6. Estou curiosa para saber sobre baunilhas. Dia desses em um passeio o guia local mostrou uma baunilha e comentou sobre que a mesma é uma vagem de orquídea.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Juli!! eu também... teremos posts sobre baunilha em breve! Geralmente a gente associa baunilha à comida, mas baunilha vem de uma flor mesmo! :) bj

      Excluir
  7. Uau Dâmaris, fiquei com siricutico agora! Acho que vou amar essas baunilhas encouraçadas!!!! Despertou desejo sua resenha! Bjos!

    ResponderExcluir
  8. td bem! post lááá perto do meu niver!!!! mas acabei de comprar mais uma baunilha!!!!! ;) ja ja tenho uma coleção de baunilhas aqui!!!!!! delicia!!!!!! sei que já é tarde... mas obrigada pela dica... assim que li o post, fiquei aguada e ja fui comprar!!!! :D antes tarde do que nunca!!!!

    ResponderExcluir

O Blog Village Beauté está com suas atividades suspensas.

Grata pela compreensão.

Pin It button on image hover